Categorias
Reequilíbrio Econômico

Valorização da mão de obra pós-pandemia

A valorização da mão de obra no pós-pandemia atingiu diversas áreas

Diversos setores da economia foram alterados nos últimos dois anos. A valorização da mão de obra no pós-pandemia atingiu diversas áreas, sobretudo em função da digitalização das empresas e a adoção do modelo de trabalho home office.

Nesse contexto, os profissionais do setor de Tecnologia da Informação, marketing e saúde merecem posição de destaque. Continue a leitura para entender o porquê.

O profissional de TI

O profissional de TI é um dos mais bem pagos do mercado e, embora o diploma não seja uma exigência para desempenho da função, é preciso um grau de conhecimento elevado para atuar nesta área, que durante a pandemia foi, sem dúvida, uma das mais valorizadas.

Este profissional é responsável, entre outras coisas, por gerenciar os processos no interior das empresas por meio de soluções tecnológicas, como softwares, hardware e banco de dados, e a valorização de sua mão de obra durante a pandemia foi impulsionada por pelo menos 3 fatores: a digitalização das empresas, o aumento das vendas no modelo e-commerce e a migração para trabalho home-office.

Com relação ao número de vagas ofertadas no setor de tecnologia da informação em 2020, houve um aumento de 310%, conforme indica o levantamento realizado pela GeekHunter, referência em recrutamento de profissionais de TI.

A mão de obra do profissional de TI foi, sem dúvida, uma das mais valorizadas durante a pandemia e mesmo após o fim das restrições sociais ocasionadas pelo vírus. O que acontece é que mesmo antes da pandemia já vínhamos observando o processo de digitalização das empresas, que se tornou mais latente, rápido e necessário quando o ‘fique em casa’ fechou as portas de muitas empresas.

Com isso, os aplicativos, programas e funcionalidades executados pela tecnologia foram indispensáveis, tornando possível que muitas empresas continuassem atuando no mercado e consolidando o profissional de TI como um dos mais importantes nesse contexto.

A tendência é que esse mercado se expanda ano a ano, atingindo patamares elevados em 2025 de até 797 mil novos talentos entre 2021 e 205, conforme indicam os dados no infográfico abaixo:

Qual foi a importância do profissional de TI durante a pandemia?

Se por um lado as restrições fecharam as portas para o atendimento presencial, por outro ela consolidou o processo de digitalização em diversos mercados, como por exemplo, o imobiliário.

Diversas imobiliárias buscaram investir em softwares de gestão imobiliária para tornar online os serviços que antes eram exclusivamente presenciais, como a assinatura digital e o processo de locação de imóveis.

Além disso, as empresas também apostaram em programas para gestão das equipes à distância. Nesse sentido, o desenvolvimento de ferramentas que atendessem essas demandas, bem como o profissional responsável por desenvolvê-las, tiveram uma alta demanda. Com isso, a valorização da mão de obra no setor de TI foi fortemente impulsionada.

A importância do Marketing durante a pandemia

Além de migrarem para o digital, durante o período de isolamento foi necessário que as empresas investissem em uma presença online profissional, como forma de estar à frente da concorrência e alcançar cada vez mais clientes.

Essa necessidade também aumentou a demanda por profissionais de marketing digital, que abarca redatores, designers, analistas, entre diversos outros.

Esse conjunto de profissionais é responsável pela construção da imagem positiva de uma empresa para com o cliente, cujo intuito é torná-lo atraído por uma determinada marca por meio de técnicas específicas.

Entre suas diversas funções, os profissionais dessa área ainda têm a missão de identificar os perfis de clientes e traçar estratégias para atraí-lo e contribuir para as vendas de uma empresa. Ele torna a relação empresa e cliente menos estreita.

O profissional de marketing na pandemia

Antes visto como um serviço opcional, hoje o marketing para empresas é primordial. Se na pandemia ele surgiu como uma alternativa para negócios que ainda não tinham presença digital estarem em contato com seus clientes, atualmente ele é a ferramenta primordial que pode determinar o sucesso de um negócio.

A mudança, inclusive, não aconteceu somente nas empresas. Dados do site E-commerce Brasil mostram que o e-commerce cresceu 81% em abril com relação ao ano anterior. Só em 2020, 80 milhões de brasileiros compraram produtos e serviços pela internet, segundo indicam os números divulgados pela Ebit Nielsen. Essas pesquisas não só evidenciam a importância da presença digital das empresas, como também indicam as mudanças no perfil do consumidor moderno.

Área da saúde durante a pandemia

Na linha de frente no combate ao coronavírus, os profissionais da saúde foram verdadeiros protagonistas e sua profissão foi, de longe, a mais requisitada no mercado, tanto no setor público quanto na iniciativa privada.

Segundo o Estudo de Remuneração PageGroup 2022, durante a pandemia, profissionais da saúde receberam aumento acima da inflação em, pelo menos, 70% dos cargos, a demanda, nesse sentido, acompanhou o salário. Dados da plataforma de recrutamento Catho mostram que, em relação a 2019, em 2020 ocorreu um crescimento de 397% no número de vagas ofertadas aos enfermeiros.

Nos três primeiros meses de 2021, as ofertas de trabalho para profissionais da saúde registaram um aumento de 17%, conforme os dados disponibilizados pelo Banco Nacional de Empregos (BNE). Neste ano, os técnicos de enfermagem se destacam com uma média de 708% de procura só no primeiro trimestre.

Antes do vírus, o setor já vinha se adaptando para certas mudanças, por meio da implementação de inovações tecnológicas e novas formas para realizar diagnósticos e procedimentos, com o intuito de reduzir os custos e otimizar o tempo.  Junto a isso, a área recebeu investimentos oneroso do governo para lidar com o vírus, impulsionando ainda mais as transformações tecnológicas que já vinham ocorrendo.

Por Murilo Barbosa

Murilo Barbosa
Engenheiro - MBA Gestão de Empresas - Construção Civil
Ajudando empresas a serem competitivas para gerar mais lucro
www.bidgerenciamento.com.br
www.bepvalor.com.
www.projetoengenheiro.com.br
São Paulo, São Paulo, Brasil